23 de mar de 2008

As Escolas Verdes nos EUA



Fotos da Arquitetura de uma escola verde com muita iluminação e com destaque para a captação de energia solar. Observa-se ainda o patéo da escola como quintal para o aprendizado ambiental.

As “Escolas Verdes” são saudáveis para os alunos, professores e para o meio ambiente. São ambientes de produtivo aprendizado com ampla iluminação natural, excelente acústica e ar de boa qualidade.

Promovendo o projeto e construção de “ Escolas Verdes” podemos conseguir um tremendo impacto na saúde do estudante, nas notas das obras, na retenção dos professores, no custos operacionais da escola e no meio ambiente.

Toda criança merece ir a uma escola com ar saudável e que encoraja o aprendizado. Para tanto os projetos de “Escolas Verdes” contemplam boa iluminação natural, integração com a paisagem externa, excelente qualidade do ar interno, excelente acústica, conforto térmico, etc.

Numerosos estudos nos EUA têm demonstrado benefícios diretos para a saúde e desempenho dos alunos. Os estudantes aprendem mais quando estão engajados e inspirados. Imaginem o potencial de aprendizado quando a edificação da escola por si própria torna-se uma ferramenta interativa de aprendizado, educando as próximas gerações e criando os líderes sustentáveis do futuro. Lá os alunos poderão aprender sobre energias alternativas (painéis solares, etc), vegetais orgânicos, ecossistemas, etc. A “ Escola Verde” torna-se muito mais que um edifício sustentável mas, uma oportunidade para apresentar o aprendizado e o descobrimento.

As “Escolas Verdes” produzem mais benefícios com a utilização de menos recursos. Elas utilizam 33% a menos de energia, 32% a menos de água e reduzem os resíduos sólidos em 74%.

fonte: Green Building Council

Nenhum comentário: