11 de out de 2008

Bush tenta novamente tranquilizar os americanos diante da crise



WASHINGTON, 11 Out 2008 (AFP) - O presidente americano, George W. Bush, tentou novamente neste sábado tranquilizar seus concidadãos sobre a saúde a longo prazo da economia dos Estados Unidos, garantindo mais uma vez que, apesar da crise financeira, eles têm razões para estar confiantes".

"No curto ptazo, vamos continuar enfrentando desafios", declarou em seu programa de rádio semana. "Mas no longo prazo os americanos têm razões para estar confiantes".

O presidente Bush afirmou que os EUA "tinham a economia mais forte e mais resistente do mundo".

"Quanto passamos por porvas difíceis no passado, o povo americano sempre se mostrou à altura", acrescentou. "E é exatamente o que vamos fazer mais uma vez", disse.

O discurso de Bush encerra uma semana negra nas Bolsas mundiais, apesar de Wall Street ter conseguido na sexta-feira, depois de uma sessão de altos e baixos, a limitar a queda: o Dow Jones perdeu 1,49%.

Segundo o presidente americano, estas perdas são provocadas pela "incerteza e pelo medo".
Ele assegurou que sua administração estava agindo e continua agindo para encontrar soluções para a crise e devolver estabilidade aos mercados.

Ele lembrou que centenas de bilhões de dólares foram injetados nas últimas semanas no sistema bancário, e afirmou que estes esforços estão sendo feitos para ajudar os proprietários de imóveis a refinanciar seus créditos.

fonte: http://www.g1.com.br

Nenhum comentário: