18 de nov de 2008

Implementação do Six Sigma



Em grandes empresas com suprimento global e operações de fabricação, implementar o Six Sigma não é fácil. Isso acontece geralmente de duas maneiras. Uma delas é por meio de uma organização separada que fornece serviços de Six Sigma às principais empresas. Nesse modelo, todos os projetos Six Sigma rodam através de organização independente, tornando fácil a medição do impacto dessas mudanças. Porém, esse acordo pode criar uma mentalidade "nós contra eles" que pode minar a eficácia das iniciativas Six Sigma.

Para evitar essa tensão, outras empresas utilizam uma abordagem mais integrada. Nesse modelo, o Six Sigma é incorporado em todos os trabalhos do empregado, com alguns experts altamente treinados agindo como facilitadores. Isso torna mais desafiadora a medição do impacto do Six Sigma, mas ajuda a criar uma cultura em que o compromisso com a qualidade e excelência é difundido.

De qualquer maneira, o Six Sigma confia fortemente em equipes de pessoas trabalhando juntas, e não em esforço individual. Uma equipe pode variar, mas quase sempre incluirá os experts da Six Sigma, experts em processo, especialistas em dados, comunicadores e consumidores. Um consumidor, nesse caso, refere-se a qualquer pessoa (interna ou externa) afetada por um processo ou mudança de produção. Pode ser uma pessoa da linha de produção, alguém nas vendas ou marketing, um distribuidor ou o usuário final de um produto ou serviço. O consumidor pode ser a pessoa mais importante da equipe, pois é ele que define a qualidade. É a sua expectativa de desempenho, confiança, preços competitivos ou entrega no prazo que ajusta essa barra.

Outro papel importante é o do líder de equipe. O líder de um projeto Six Sigma deve ser extremamente proficiente nos aspectos técnicos das estatísticas e nos processos do Six Sigma. Se um projeto requer um alto grau de conhecimento do Six Sigma, ele será liderado por um Faixa Preta (termo emprestado das artes marciais). Os Faixas Pretas possuem um conhecimento mais aprofundado de todos os métodos e ferramentas do Six Sigma e são chamados para liderar projetos que retornam valores de US$ 150 mil para uma organização. Se um projeto não for tão complexo, ele será liderado por um Faixa Verde. Os Faixas Verdes estão qualificados para resolver a maioria dos problemas de processo que surgem nos ambientes de manufaturas e sempre podem se consultar com os Faixas Pretas caso se deparem com um problema particularmente desafiador.

Os Faixas Amarelas representam todos os outros da equipe. Eles não estão imersos nos detalhes do projeto e, sendo assim, não precisam do mesmo nível de habilidade ou de treinamento do Six Sigma. Mas os Faixas Amarelas são essenciais. Eles aplicam alguns elementos da metodologia Six Sigma enquanto ajudam os Faixas Verdes a atingirem as projeções e objetivos do projeto. Os Faixas Amarelas são membros da equipe, administradores, pessoal de operações e qualquer um que exerça qualquer função.

FONTE: http://empresasefinancas.hsw.uol.com.br

Nenhum comentário: