21 de nov de 2008

A NOVA PIRÂMIDE DO EGITO


O Grande Museu, que as autoridades egípcias pretendem construir, tem acumulado superlativos. Ele será o maior museu do mundo, abrigará algumas das mais belas e mais valiosas antiguidades da história da humanidade, e contará com o maior e mais moderno centro de conservação arqueológica jamais concebido. O conjunto será edificado num sítio único, bem em frente à última sobrevivente das Sete Maravilhas do Mundo Antigo: as Pirâmides de Gizé. Caso se cumpram as previsões, esse museu também quebrará todos os recordes relativos ao número de visitantes: 8 milhões de turistas / ano
O Museu ocupará 50 hA e acolherá mais de 100.000 peças– entre elas, um templo inteiro e o famoso tesouro de Tutankhamon –, trazidas dos quatro cantos do Egito. Contará, ainda, com equipamentos ultramodernos, jardins, livrarias, lojas e restaurantes de luxo. Diante de tantas ambições, e observando que algumas gruas só agora começam a se movimentar no canteiro de obras, é difícil acreditar que o Museu possa ser inaugurado na data prevista, julho de 2011.
fonte: Revista Vivercidades
Publicado originalmente em Le Monde, edição de 4 de março de 2007, sob o título "L'Egypte bâtit une nouvelle pyramide".

Nenhum comentário: