21 de dez de 2008

Mercado Imobiliário - Número de lançamentos diminuirá em 2009



O número de lançamentos imobiliários residenciais na região metropolitana de 2008 deve chegar muito próximo ao observado em 2007, quando o total de 564 projetos lançados bateu o recorde histórico desde 1886, revela dados da Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio). Segundo a pesquisa, nos dez primeiros meses do atual ano corrente, 427 empreendimentos imobiliários foram lançados, somando 53.725 unidades-tipo contra 62.065 unidades postas à venda nos 12 meses do ano passado. "Nossa crença é que até dezembro, esse total chegue a 60 mil unidades lançadas", diz Luiz Paulo Pompéia, diretor da entidade.


Mas a expectativa não é tão positiva para 2009. "No próximo ano, tudo mostra que o universo de unidades lançadas deverá retornar ao patamar médio dos últimos 23 anos, acima das 30 ou 34 mil unidades com 400 ou 460 empreendimentos", diz Pompéia, fazendo referência à revisão de metas anunciadas por diversas companhias no último mês.


Segundo ele, a tendência é que os preços dos terrenos também caiam. "A euforia do mercado nos últimos dois anos fez com que os preços disparassem de forma especulativa, sem embasamento de mercado. Agora, com toda essa reviravolta do mercado, as grandes empresas, que forçaram a subida de preços, já começam a vender seu banco de terras com deságios de até 13%, em alguns casos", explica Pompéia. O diretor afirma que a valorização de algumas terras disputadas pelas incorporadoras em 2007 tenha elevado em até 40% o valor observado nos anos anteriores.


fonte: Piniweb - por Mirian Blanco

Nenhum comentário: