29 de out de 2011

Eco-Engenho - Projeto H2Sol



Iniciativas criativas como esta me fazem acreditar cada vez mais no Brasil, no povo brasileiro que apesar de todas as dificuldades grande parte delas geradas não pela falta de dinheiro(não somos a Africa) mas, sim pelo excesso de corrupção (somos a Rússia?).

O Eco-engenho trata-se de uma idéia simples e genial , alías as idéias geniais são simples e exeqüíveis. Trata-se de um coletor solar artesanal que move um sistema de captação de água no lençol freático que alimenta um sistema de irrigação por hidroponia. Ou seja, promove energia - água e renda a partir de um investimento modesto.

Este sistema foi implementado no município de São José de Tapera, no semi-árido alagoano, detentor de um dos mais baixos índices de desenvolvimento humano do Brasil. O projeto H2Sol permitiu não somente a geração de renda (através de produção de pimenta premium artesanal - Pimenta de Tapera) para uma população excluída como também o resgate da auto-estima e da qualidade de vida. Imagine se o dinheiro gasto com o bolsa família (que se trata simplesmente de um projeto de distribuição de renda sem resgate da auto-estima do excluído) fosse revertido para projetos como este?

Alguém pode estar perguntando porque um assunto como este está no blog papo de obra. Para esclarecer faltou dar os créditos ao Eng. José Roberto Fonseca (na foto acima) , presidente do Instituto Eco-engenho. O projeto antes de mais nada é produto da engenharia, uma obra social.

Segue abaixo link do instituto eco-engenho:


Vídeos do canal eco-engenho abaixo:



Nenhum comentário: